Saiba agora o que é cefaleia crônica e como tratá-la

O que é cefaleia crônica?

O que é cefaleia crônica?

Você sabe o que é cefaleia crônica? Sente muitas dores de cabeça? Fique atento, pois pode estar sofrendo de cefaleia ou mesmo crises de enxaqueca. Trata-se de uma dor semelhante à dor de cabeça comum, que chega de repente e demora para ir embora. A grande diferença está na frequência que ela ocorre.

A cefaleia possui várias classificações, dentre elas: a cefaleia crônica diária, a cefaleia do tipo tensional, a enxaqueca, as neuralgias do crânio e face, entre outras.

Neste artigo falaremos das cefaleia crônica. Continue lendo que te explicaremos o que é, quais os sintomas, a causa e as sugestões de tratamentos.

O que é cefaleia crônica?

A cefaleia crônica é aquela dor de cabeça que toma proporções maiores e chega a durar mais de 3 meses. Nestes anos de pesquisa descobri que o bruxismo de vigília é um dos principais causadores das dores, principalmente na região das têmporas e do pescoço.

As dores na face, também chamadas de dores orofaciais, muitas vezes são confundidas pelos profissionais da saúde com outras patologias e por isso recebem tratamentos equivocados. Isso pode aumentar a frequência e intensidades destas dores, sem tratar a causa do problema.

Quase sempre a dor se manifesta em alguns dias do mês, da semana e depois passa a ser recorrente, aparecendo todos os dias.

Um levantamento da Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBC) fez uma revelação surpreendente: mesmo que as dores afetem a vida de boa parte da população brasileira, uma pequena parcela procura ajuda médica. E o que mais chama a atenção é que, destes poucos pacientes que recebem orientação, uma parcela ainda menor segue o tratamento indicado.

É importante destacar que a origem da sua cefaleia crônica pode ser o Bruxismo de vigília e estar associada a Disfunção de ATM e que, dependendo da intensidade, ela pode provocar vômitos, náuseas ou mesmo dores na região da barriga e se transformar em enxaqueca.

Por isso, procurar ajuda profissional, identificar o motivo e seguir o tratamento indicado é extremamente importante para que o paciente reduza suas crises e intensidade das dores.

Se você estiver em São Paulo, entre em contato conosco e agende uma visita para analisarmos o seu caso e poderei então estabelecer qual é o melhor procedimento para tratar, reduzir ou eliminar os sintomas da cefaleia crônica.

Como surgem as crises de cefaleia crônica?

Elas podem estar associadas a estresse, concentração, perfeccionismo ou até hábitos nocivos como roer as unhas, mordiscar os lábios, as bochechas ou canetas. Estes estímulos psico sociais levam a uma sobrecarga muscular na região das têmporas, da face e do pescoço; desta maneira, o músculo inflama, contrai e as dores se espalham nestas regiões.

Estas dores atrapalham os compromissos profissionais e roubam a alegria e a felicidade daqueles que convivem com elas. O paciente fica a todo momento buscando formas de amenizar esse incômodo que tanto afeta a sua qualidade de vida.

É muito importante fazer um diagnóstico detalhado para encontrar o gatilho que provocou o surgimento da cefaleia crônica. Pois, sabendo a sua origem, é mais fácil encontrar o tratamento adequado.

Atuo há mais de 20 anos em consultório odontológico e durante os meus estudos fiz uma importante descoberta: a ocorrência do bruxismo de vigília, um tipo de rangimento de dentes durante o dia, pode ser um dos gatilhos para o surgimento da cefaleia crônica.

Ao receber um novo paciente em meu consultório, faço uma série de avaliações e exames para avaliar o comportamento dos músculos da face em diversas atividades do dia a dia.

Estes testes servem para diagnosticar qualquer comportamento anormal que possa ser causador de uma disfunção da ATM. Aliás, ao estudar várias pesquisas científicas e trabalhos de outros médicos, descobri que a correção do bruxismo de vigília provoca uma redução nas crises de cefaleia crônica.

Foi com este foco que trabalhei durante anos para desenvolver o meu método chamado Dispositivo Interoclusal de Vigília (DIVA).

O sucesso do tratamento com o DIVA® se deve a uma associação de técnicas terapêuticas consagradas e eficientes na abordagem de pacientes portadores de dores crônicas na região da cabeça, como as cefaleias, enxaquecas, disfunção das ATM entre outras.

Os conselhos comportamentais, o uso de dispositivos intra orais (como é o caso do DIVA®) associados aos conceitos do biofeedback constituem, segundo pesquisas mais recentes, a maneira mais eficiente de reverter e controlar certos hábitos nocivos, como o bruxismo de vigília.

Ficou interessado? Quer saber mais sobre o meu tratamento? Agende agora uma consulta.

Expliquei aqui mais detalhadamente o que é cefaleia crônica e também sobre o meu método para tratamento. Aproveite e veja:

Se você achou que este artigo sobre o que é cefaleia crônica foi útil ou é interessante para algum amigo, compartilhe ele em suas redes sociais. Siga nossa página no Facebook e acompanhe novidades. 

2018-10-22T18:07:29+00:00