O que é DTM? Descubra agora o que são as disfunções temporomandibulares

O que é DTM?

Entenda o que é DTM e como ela pode afetar a sua qualidade de vida. Você sente dores no maxilar? Mastigar a sua comida favorita já não é mesma coisa? Parece que tem estalos quando abre a boca? Muita gente passa por isso e prefere ignorar por achar que não é nada demais. Cuidado!

A verdade é que esses sintomas acima são sinais de que existe algum distúrbio na sua articulação temporomandibular (ATM). Eles são alertas do seu organismo de que algo está fora do normal e que podem levar a consequências bem prejudiciais. Essa articulação liga o maxilar ao cérebro e falhas no seu funcionamento são conhecidas como disfunções temporomandibulares ou, simplesmente, DTM.

Vamos detalhar aqui o que é DTM, o que causa, os principais sintomas e possíveis tratamentos. Vamos lá?!

Afinal, o que é DTM?

Antes de explicarmos o que exatamente o que é DTM, precisamos deixar claro o que é a ATM, pois a primeira não existe sem a segunda.

A articulação temporomandibular (ATM) é a responsável por conectar a mandíbula ao osso temporal do crânio, que fica na parte da frente das orelhas, em ambos os lados da cabeça. Ela é flexível porque suas funções incluem: falar, mastigar e abrir a boca em diversas atividades.

A posição da ATM e seus movimentos são controlados pelos músculos dentro da articulação e ao redor dela. Já deu para perceber que a ATM é fundamental para nossa qualidade de vida e para algumas funções básicas, certo?

A DTM, por sua vez, é a disfunção temporomandibular. Ela acontece quando existem problemas funcionais na ATM como deslocamento do maxilar, dores ao mastigar, estalos ao abrir a boca, bruxismo, dentre outros sintomas que detalharemos mais adiante.

O que pode causar o surgimento de uma DTM?

Não é possível determinar apenas uma causa para a DTM. A maioria das ocorrências pode ter origem em problemas articulares, musculares ou até serem sequelas de doenças sistêmicas. Traumas, lesões e tensões na mandíbula também podem provocar o aparecimento da DTM.

Em alguns casos, até os tiques nervosos podem indicar uma disfunção da ATM, pois forçam a região muitas vezes por dia, afetando a sua flexibilidade e posição. Morder os lábios e roer as unhas são exemplos de manias que deveriam ser interrompidas.

Além de todas essas possíveis causas, é importante falar que o bruxismo de vigília (distúrbio caracterizado pelo ranger e apertar dos dentes) é também um dos principais fatores causadores da DTM.

A artrite da ATM, os problemas genéticos na estrutura da área, o estresse e a tensão nos músculos, assim como os desgastes nas cartilagens gerados pela idade avançada também são fatores que podem contribuir para que a DTM aconteça.

Quais são os fatores de risco para a DTM?

Adultos e crianças, homens e mulheres sofrem com disfunções da ATM. Porém, elas surgem com mais frequência em mulheres entre 30 e 50 anos. Em alguns casos, os sintomas das DTMs desaparecem sem necessidade de tratamento.

No entanto, é possível citar alguns fatores de risco que estão relacionados ao aparecimento da disfunção da ATM, mesmo que não exista uma lista oficial. Veja quais são:

  • Insônia, apneia e outros distúrbios do sono
  • Alimentação pouco saudável ou escassa
  • Transtornos de ansiedade ou doenças depressivas
  • Postura ruim, pois está relacionada aos músculos do pescoço e da face
  • Utilização de aparelhos ortodônticos por um período muito longo

Já explicamos aqui o que são estalos que podemos sentir ao mastigar e o que pode causar o surgimento do bruxismo. Agora estamos aprofundando os conhecimentos sobre o que é DTM para te ajudar a identificar os sintomas e buscar o tratamento adequado.

Quais são os sintomas da DTM?

A dor e o desconforto na região ao redor do maxilar são os sintomas mais observados. Eles podem ter picos de intensidade ou manter-se contínuos por longos momentos.

Normalmente, essas dores, desconfortos e sensibilidade costumam aparecer nos seguintes locais: ao redor das orelhas quando há a mastigação ou quando a boca é aberta, no rosto todo, no pescoço, na mandíbula e até nos ombros.

De forma geral, os principais sintomas causados pela DTM são:

  • Problemas na hora de mastigar ou de morder algo
  • Deslocamento da mandíbula ou encaixe dental torto
  • Zumbidos, dores no ouvidos e nas áreas ao redor das orelhas
  • Travamento e movimentos limitados na hora de abrir a boca
  • Dores de cabeça bem fortes ou enxaquecas, normalmente ao acordar ou antes de dormir
  • Vertigem e desequilíbrio
  • Inchaço em qualquer lado da face
  • Sensação de fadiga no rosto todo ou em partes dele
  • Estalos toda vez que abrir a boca

É importante deixar claro que essa lista é apenas informativa, ou seja, não a utilize para se auto-diagnosticar. É tão importante procurar uma clínica odontológica caso você se identifique com um ou mais sintomas.

Se os seus sintomas persistem, um especialista em DTM e Dor Orofacial terá de analisar o quadro clínico e assim prescrever a terapêutica mais adequada para o seu caso.

Com a confirmação de uma etiologia multifatorial, os tratamentos de escolha para a DTM (Disfunção Temporomandibular) e Dor Orofacial, passaram a seguir uma linha mais conservadora com tratamentos reversíveis, não invasivos e econômicos do ponto de vista biológico e financeiro e que tem um índice de sucesso que se aproxima de 80%.

Desde 2004, eu passei a pesquisar a relação entre bruxismo de vigília (ato de apertar os dentes durante o período acordado) e as DTMs. Segundo os estudos, este tipo de bruxismo é 4 vezes mais frequente que o noturno em pacientes portadores de dor na região da cabeça.

Foi com base nestes eventos que passei a investigar alguma solução que fosse eficiente para reduzir as ocorrências do bruxismo e, consequentemente, o surgimento das disfunções da ATM.

Eu criei um tratamento reversível, não invasivo, que não requer o uso de nenhuma substância química e que, por consequência, não apresenta praticamente nenhuma contra indicação.

O tratamento se baseia no uso de um dispositivo chamado DIVA (Dispositivo Interoclusal de Vigília) que, através de “biofeedback”, ajuda o paciente a monitorar, em tempo real, a sua condição muscular e articular.

Ficou curioso? Marque uma consulta e vou avaliar o seu caso para identificar o tratamento adequado.

Na primeira visita do paciente ao meu consultório, aplicamos um teste para medir a atividade dos músculos da face em várias situações nas quais ele se encontra no seu dia dia.

Nestes testes, detectamos as atividades musculares incomuns e introduzimos o equipamento feito sob medida para o caso do paciente. Este dispositivo vai atuar, sinalizando ao cérebro toda atividade inconsciente fora do normal, fazendo com que o usuário absorva estes sinais e restabeleça os movimentos naturais, reduzindo a hiperatividade muscular.

Veja mais informações sobre nosso tratamento inovador contra DTM e o Bruxismo de Vigília.

Agora que já explicamos melhor o que é DTM e seus sintomas, lembre-se sempre de que o ideal é que procure um médico para que ele lhe indique as melhores maneiras de realizar o tratamento apropriado.

2018-10-05T19:47:18+00:00