Tratamento 2018-11-28T10:37:52+00:00

Tratamento para o Bruxismo e Disfunção ATM

Você sabia que o bruxismo diurno ocorre 6x mais que o noturno?
Esqueça os tratamentos focados enquanto você dorme.

Conheça o tratamento inovador e acabe com suas dores!

NÓS PODEMOS AJUDÁ-LO(A). AGENDE SUA CONSULTA.

Método de Tratamento Inovador | DIVA -Dispositivo Interoclusal de Vigília

  • Resultados clínicos encorajadores

  • Controla as dores

  • Não invasivo

Clique aqui e conheça o Tratamento LIVA

  • Sem uso de substância química

  • Sem contra indicação

  • Bio-feedback, ajuda o paciente a monitorar, em tempo real, a sua condição muscular e articular

DEPOIMENTOS

Os resultados podem variar de pessoas para pessoas

Depoimento da Sra. Priscila

Agosto de 2017

Depoimento da Sra. Ana Paula

Outubro de 2017

Depoimento da Sra. Lilian

Julho 2018

Depoimento da Sra. Larissa

Julho de 2018

Sra. Simone C. em dezembro 2016

“Eu tinha dores na região cervical há mais de 25 anos! Era sempre do mesmo jeito, acordava bem e, ao longo do dia, a dor se instalava e ia subindo até o topo da cabeça …”

Clique aqui e veja o depoimento completo

Sra Liliane S. em novembro 2016

“Eu tinha dores de cabeça quase todos os dias há mais de 10 anos. Era aquela dor irritante que começava depois do almoço e ia aumentando até o seu pico no final da tarde …”

Clique aqui e veja o depoimento completo

Sra Juliana B. em junho 2017

“Há 15 anos fui diagnosticada com bruxismo e passei a usar placa para dormir. Desde então sofro com estalidos ao abrir e fechar a boca …”

Clique aqui e veja o depoimento completo

Histórico

Desde 2004, Dr. Alain Haggiag pesquisa a relação entre bruxismo de vigília (ato de apertar os dentes durante o período acordado) e as dores de cabeça, zumbidos e problemas na ATM (articulação temporomandibular). 
 
Os resultados da pesquisa mostram que o bruxismo diurno ou de vigília é mais prejudicial do que o bruxismo noturno. O bruxismo diurno é cerca de 6 vezes mais frequente que o noturno e a ação de apertar os dentes é um fator de risco para o surgimento de dores de cabeça. 
 
Segundo os estudos, o bruxismo diurno é 4 vezes mais frequente que o bruxismo noturno em pacientes portadores de dor na região da cabeça
 
A partir dessas pesquisas foi desenvolvido um tratamento inovador, que se baseia no uso de um dispositivo (patente requerida) para o controle dessas dores: o DIVA

Comprovação Científica do Tratamento

Acaba de ser disponibilizado no Pubmed, a maior biblioteca médica online do mundo, o recentíssimo estudo feito pelo Dr Alain Haggiag e o Prof. Siqueira (chefe de Departamento de Dor Orofacial do HC- FMUSP) sobre o uso DIVA em pacientes portadores de Cefaleias

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/30099938

A new biofeedback approach for the control of masseter and temporal myalgia: Utilization of an awake posterior interocclusal device.

Cranio. 2018 Aug 11:1-7. doi: 10.1080/08869634.2018.1503991. 

 

O sucesso do tratamento com o DIVA® se deve a uma associação de técnicas terapêuticas consagradas e eficientes na abordagem de pacientes portadores de dores crônicas na região da cabeça, como as cefaleias, enxaquecas, disfunção das ATM entre outras.

Os conselhos comportamentais, o uso de dispositivos intra orais (como é o caso do DIVA®) associados aos conceitos do biofeedback constituem, segundo pesquisas mais recentes, a maneira mais eficiente de reverter e controlar certos hábitos nocivos, como o Bruxismo de vigilia. Este último está sendo apontado como um dos grandes responsável pelo desencadeamento e manutenção de muitas dores orofaciais que geram tanto sofrimento.

O Dr Alain gosta sempre de lembrar aos seus pacientes os pilares principais que fundamentam esta abordagem terapêutica, são as “3 regras de 3”:

O que é o tratamento:

– Conselhos comportamentais
– Dispositivos intra orais
– Biofeedback

Como é o tratamento:

– Não invasivo
– Não medicamentoso
– Reversível

Os objetivos do tratamento:

– Conscientização dos maus hábitos
– Reeducação do paciente
– Melhora da qualidade de vida

Para saber mais sobre a historia do desenvolvimento do DIVA®, recomendamos a leitura da entrevista dada pelo Dr Alain á Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica: http://www.sbeb.org.br/site/en/quem-disse-que-pesquisa-em-engenharia-biomedica-e-so-para-engenheiro/

 

Você, como milhares de brasileiros, sofre com essas dores?

AGENDE UMA CONSULTA!